Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Solidariedade: Instituições querem mais apoio do Governo
Domingo, 23/02/2014

A Caritas e a Santa Casa da Misericordia querem que o Governo aumente o tecto dos limites de apoio a famílias carenciadas. Os responsáveis pelas duas instituições coincidem na opinião de que só desta forma é possível fazer face aos valores da inflação.

 

O provedor da Santa Casa, António José de Freitas, diz que é altura de nivelar parametros “por cima os montante, por forma a que mais pessoas possam ter acesso a esta rede social por parte do Governo.”

 

Coincidente nesta posição está o secretário-geral da Caritas, Paul Pun. “O Governo poderia alargar o apoio”, começa por dizer. “Algumas pessoas que passam por necessidades, mas não prenchem os requisitos, acabam excluídas. A Caritas tem sempre de encontrar outras formas para apoiar essas pessoas”. Por isso, Pun sustenta que “seria melhor o governo ajudar  mais quem precisa. Há condições para fazer isso.”

 

As declarações de António José de Freitas de Paul Pun foram feitas ao programa Paralelo 22, emitido este domingo na Rádio Macau.