Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Regulamento sobre locais das slot machines vai ser revisto
Quinta, 20/02/2014

O Governo vai rever o regulamento que cria restrições à localização de espaços com máquinas de jogo, no próximo ano ou em 2016, quando iniciar o processo de renovação dos contratos com as operadoras de jogo. A garantia foi deixada, na Assembleia Legislativa, pelo secretário para a Economia e Finanças, depois de duras críticas dos deputados à actuação do Governo na autorização dos pedidos de transferência de instalações.

 

Nesta sessão, dedicada a interpelações orais, os deputados mostraram-se preocupados com os efeitos que os centros de máquinas de jogo, localizados em bairros residenciais, continuam a ter entre os residentes, e apontaram falhas na lei. Em resposta, Francis Tam prometeu “elevar as exigências” sobre o jogo nos bairros sociais, na altura em que sejam negociados os novos contratos do jogo, “em 2015 ou 2016”. “Vamos apresentar novas exigências. Quando for necessário o Governo vai adoptar as devidas medidas por forma a assegurar a vida dos bairros comunitários”, apontou.  

 

Melinda Chan foi uma das vozes criticas e questionou se as mudanças à lei não deveriam acontecer mais cedo. “No início de 2015 é melhor, isso poderá ser feito?”.

 

Os deputados insistiram no recente caso de transferência de salas de slot machines para o antigo Hotel Cantão, que realçam está localizado num bairro habitacional. Francis Tam afirma que o Governo tem em consideração a localização quando avalia  os pedidos de transferência de instalações. “Depois da entrada em vigor do regulamento, cinco salas de slot machines encerraram e, até agora, duas salas apresentaram o pedido para mudanças de instalações, as outras três não fizeram qualquer pedido. Depois de ouvir as opiniões da sociedade, quando procedemos à apreciação e autorização dos três pedidos de transferência, a localização é um ponto que temos em consideração na autorização do pedido”.