Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Rendas: Apoios a PME só via Plano de Garantia de Créditos
Terça, 18/02/2014

Não vai ser criado um mecanismo específico para as Pequenas e Médias Empresas (PME) fazerem face aos aumentos dos preços das rendas. O único apoio definido está incluído nas duas modalidades do Plano de Garantia de Créditos a PME.

 

“Não discutimos nenhum plano sobre a subida das rendas. As subidas das rendas, dos salários, das matérias-primas, essas dificuldades relacionadas com esses factores, são analisadas de uma forma global pelo Governo, quando é prestada uma garantia. Não é por causa de um factor específico”, explicou o presidente da segunda comissão permanente da Assembleia Legislativa, Chan Chak Mo, depois da reunião desta manhã, que teve em cima da mesa a alteração à lei de contracção de dívidas pelo Executivo no crédito às Pequenas e Médias Empresas.

 

 O Governo propõe aumentar de 600 milhões para mil milhões de patacas o limite máximo do montante total, ao abrigo de dois planos. Esta proposta não motivou “grande discussão”, entre os deputados, garantiu Chan Chak Mo.

 

No entanto, o presidente da segunda comissão permanente revelou que, na próxima reunião, o Executivo vai responder sobre a necessidade de estender o plano. Até ao final do ano passado, 436 PME beneficiaram deste apoio, criado em 2013.

 

A actualização dos valores deve abranger “mais 110 projectos”, anunciou o secretário para a Economia e Finanças, Francis Tam, em Janeiro, na Assembleia Legislativa. De acordo com Chan Chak Mo, o regresso da proposta para votação em plenário está marcado para o próximo mês de Março.