Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Autocarros envolvidos em mais de 100 acidentes por mês
Segunda, 03/02/2014

As três companhias de autocarros estiveram envolvidas em mais de 1.300 acidentes, no ano passado. À Rádio Macau, os Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT) explicam que, por detrás destes números, está uma condução negligente, por parte dos motoristas. Em mais de metade dos acidentes, a culpa acabou por ser atribuída às companhias.

 

Os autocarros da Reolian, TCM e Transmac estiveram envolvidos em 1.337 acidentes, no ano passado – o que dá uma média de mais de 100 ocorrências por mês. Em 732 acidentes – ou seja, em mais de metade daqueles que foram registados –, a culpa foi atribuída às três companhias.

 

Os números foram avançados à Rádio Macau pela DSAT, que explica que as principais causas dos acidentes estão relacionadas com condução negligente por parte dos motoristas. Excesso de velocidade, desrespeito pelas regras da prioridade, ausência de distância de segurança com os veículos que circulam à frente ou mudanças bruscas nas vias de trânsito são razões apontadas. Em alguns casos, os acidentes acabaram com feridos.

 

A DSAT não adianta o número de motoristas que acabaram despedidos ou suspensos devido a infracções. O silêncio é justificado por se tratar de um assunto interno de cada uma das companhias.

 

No que diz respeito a queixas e sugestões, a DSAT recebeu 2.809 comunicações dos utentes, no ano passado – mais 429 do que em 2012.

 

As críticas aos serviços e à atitude dos motoristas estão entre as reclamações, havendo ainda registo de opiniões sobre a localização das paragens ou os horários das carreiras.