Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

IAS vai criar 40 instalações de serviços sociais em 3 anos
Segunda, 03/02/2014

Em três anos, Macau vai ter mais de 40 instalações de serviços sociais. A promessa é do presidente do Instituto de Acção Social (IAS) que adianta aumentos nas vagas para as creches e também reformas no sistema de atribuição dos apoios sociais.

 

O presidente do IAS, Iong Kong Io, disse, em declarações ao canal chinês da Rádio Macau, que é possível a construção de mais de 40 instalações de serviços sociais nos próximos três anos, graças aos projectos de habitação pública que serão concluídos nos próximos anos. Dez destas instalações serão usadas como centros de reabilitação para portadores de deficiência. O plano é a disponibilização de cerca de mil camas, assim como de serviços diários e de reabilitação vocacional, entre outros.

 

Outro objectivo para concretizar em três anos, é o aumento das vagas nas creches. A meta é chegar-se às 10 mil, sendo que, neste momento, existem cerca de 8 mil vagas em todo o território.

 

Além disso, o Governo quer reservar 11 das novas instalações para a construção de lares para idosos, como tinha já anunciado o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Cheong U, no debate das Linhas de Acção Governativa para este ano. A ideia é haver mais mil camas e outros 800 lugares para serviços de dia para idosos. Iong Kong Io prevê que, desta forma, o Governo conseguirá “satisfazer a procura” durante os próximos anos.

 

No final de 2013, o IAS dizia que quase 390 idosos aguardavam ainda a entrada em lares. Actualmente, existem 20 lares, subsidiados pelo Governo e por particulares. Ao todo, as instituições têm capacidade de acolhimento para 1684 idosos.

 

Até ao final do ano, o presidente do IAS promete também ter concluído, o estudo para a reforma do sistema de apoios sociais. Novos modelos devem ser implementados já na atribuição dos apoios sociais do próximo ano.