Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Macau e Cantão olham para UE e países de língua portuguesa
Segunda, 18/07/2011
Macau e Cantão querem em conjunto chegar aos mercados da União Europeia e dos países de língua portuguesa. Esta é uma das prioridades que consta no acordo de cooperação assinado na área das indústrias das convenções e exposições.

Ao mesmo tempo, e ainda neste sector, Macau e Cantão querem promover o intercâmbio entre empresas e instituições com vista a encontrar parceiros internacionais. Para alcançar este objectivo as duas regiões comprometeram-se a organizar grandes exposições internacionais.

Em conjunto Macau e Cantão querem ainda promover o turismo e neste sector a aposta é na formação de itinerários turísticos que incluam Macau, Cantão e o Delta do Rio das Perólas.

As duas regiões querem ainda desenvolver o intercâmbio de quadros qualificados e impulsionar o sector ligado às embarcações de lazer, a pensar no futuro terminal maritímo de Nansha para este tipo de barcos.

Nesta reunião ficou ainda decidido que, este ano, durante a Feira Internacional de Macau vai ter lugar a primeira reunião das associações e câmaras comerciais de Macau e Cantão.

No próximo ano, as duas regiões vão ainda organizar uma exposição de produtos de marca Cantão- Macau.O evento vai ter lugar em Cantão entre os dias 13 e 15 de Janeiro. O objectivo é mostrar o que de melhor se faz nos dois lados e incentivar as empresas a expandirem os negócios para a China e países de língua portuguesa.