Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Paragens de autocarros com sistema sonoro para invisuais
Segunda, 30/12/2013

A Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT) apresentou um sistema de informação sonora para “facilitar a mobilidade” dos invisuais nos autocarros. O novo serviço já foi testado e vai ser introduzido a título experimental a partir do dia 2 de Janeiro (10h-22h), mas só estará disponível em cinco paragens da carreira número 4.

 

“Pelo menos sabemos quando é que o autocarro vai chegar”, disse Chao Kuok Kit, que testou o sistema, esta tarde.

 

“Isto também facilita a nossa deslocação para não apanharmos o autocarro errado. Às vezes, quando não há pessoas, não conseguimos perguntar-lhes e, agora, sabemos qual é a carreira que está a chegar”, acrescentou.

 

O novo serviço é disponibilizado de forma gratuita pela DSAT, que já organizou acções de formação para mais de 200 pessoas. Entretanto, dos 120 aparelhos comprados, 60 foram distribuídos.

 

O investimento feito é superior a 300 mil patacas, explicou o chefe da Divisão de Equipamentos de Tráfego da DSAT. Lai Kin Hou revelou ainda que não há planos para alargar o novo sistema a toda a cidade.

 

“Temos de aguardar pela fase experimental, que tem a duração de três meses, para ver se a utilização desse aparelho é adequada e se vamos disponibilizá-lo para toda a cidade”, afirmou o responsável.

 

“Será que as outras pessoas vão ser tolerantes? Será que os motoristas vão colaborar? Temos de ter um certo período para observar a situação”, observou Lai Kin Hou. 

 

De acordo com dados do Instituto de Acção Social, há mais de mil invisuais em Macau. O novo serviço que vai ser disponibilizado a partir de 2014 foi desenvolvido em Shenzhen e, nesta primeira fase, está disponível apenas em cantonês.