Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

"Líder vai ser um mártir, um sacrificado", diz Leonel Alves
Sábado, 09/07/2011
A comunidade macaense deve apresentar uma candidatura às eleições legislativas em 2013, defendeu Leonel Alves em entrevista à Rádio Macau. "O líder vai ser um mártir, um sacrificado, mas tem que ser um sacrificado com perspectiva do contributo actual, mas também a pensar no papel que futuramente pode ter de intervenção na sociedade", disse.

Leonel Alves considera que intervir "não é só ser membro de um órgão político, o facto de participar na campanha eleitoral é uma experiência única".

O deputado adianta que "seria bom que algumas pessoas trabalhem não a pensar em cargos, mas na dignificação da comunidade macaense. É fundamental manter o posicionamento na sociedade em geral". Leonel Alves diz que é preciso que apareçam voluntários e defendeu a criação de uma estrutura, "que pode ser ou não uma associação" que permitam a discussão dos temas que preocupam a comunidade.

O também membro do Conselho Executivo revelou que é a favor do fim dos cheques. "Entendo que esta medida deve acabar. mas de forma gradual. Para não prejudicar as perspectivas e os direitos ditos adquiridos, deve transferir-se o dinheiro para a conta poupança central. O dinheiro será afecto aos residentes, mas só podem utilizá-lo quando atingirem uma certa idade".

Leonel Alves afastou qualquer incompatibilidade entre as funções que exerce no Conselho Executivo e na Venetian, é advogado da concessionária do jogo. "Não misturo as minhas funções: quando exerço a minha profissão de advogado faço-o a 100 por cento; quando exerço a minha profissão política obviamente que também a exerço a 100 por cento. Pode haver conflitos? Obviamente que pode. E a haver conflitos, qual deles é que prevalece? Obviamente que é o interesse político que prevalece. Não sinto qualquer conflito de interesses. Tem sido essa a minha postura há mais de 28 anos. Não vou alterá-la".