Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

UM realiza estudo sobre futuro dos serviços de televisão
Sexta, 08/11/2013

O Governo de Macau encomendou à Universidade de Macau um estudo sobre o futuro dos serviços de televisão. Em comunicado, a Direcção dos Serviços de Regulação de Telecomunicações (DSRT) diz ter convidado “o subdirector da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Macau, Tam Kam Weng, para organizar uma equipa académica interdisciplinar com vista a estudar, a partir dos vários aspectos, o modelo dos futuros serviços de televisão de Macau e apresentar as respectivas propostas”.

 

O objectivo deste estudo é que os "resultados do estudo possam ajudar o Governo na definição de um modelo dos serviços de televisão correspondente à realidade de Macau", diz a DSRT, salientando que o contrato de concessão do serviço terrestre de televisão por subscrição com a TV Cabo expira em Abril.

 

“Os projectos de estudo visam, de acordo com a realidade de Macau e a estrutura e gestão dos futuros serviços de televisão e do mercado, proceder a uma investigação científica, através de análise do projecto técnico, supervisão do governo, normas legais e regimes do mercado de televisão, assim como a síntese e organização das opiniões dos cidadãos” lê-se ainda na nota oficial.

 

O estudo divide-se em duas fases. Até Janeiro do próximo ano deve ser apresentado um “relatório intercalar em que se explanam projectos viáveis para a transformação dos serviços de televisão, nomeadamente novos modelos viáveis de prestação dos canais básicos televisivos a implementar em Abril do próximo ano”. Até Setembro de 2014, adianta o comunicado, deve apresentar-se “uma proposta para o desenvolvimento a longo prazo dos serviços de televisão, por forma a prestar ao Governo informações que lhe sirvam de referência para a elaboração das estratégias do desenvolvimento futuro da televisão de Macau”.