Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Governo avança com Programa de Formação para residentes
Sexta, 01/07/2011
O Conselho Executivo deu “luz verde” ao Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo que deverá arrancar em breve.

O Governo vai subsidiar até cinco mil patacas, durante 3 anos, os residentes que queriam realizar acções de formação ou cursos. Podem participar neste programa os residentes permanentes e os não permanentes, que completem 15 anos entre 2011 e 2013.

Entre os cursos subsidiados está também a “carta de condução”, segundo afirmou hoje o porta-voz do Conselho Executivo, Leong Heng Teng.

O executivo tem previsto um orçamento de 500 milhões de patacas para o programa até ao fim de 2013.

De acordo com a Directora dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ), Leong Lai, a partir da próxima terça-feira, dia 5 de Julho, e até dia 25 começam a ser aceites os pedidos das instituições de ensino. “No dia 15 de Agosto vai saber-se quais são os programas autorizados”, esclareceu Leong Lai.

A Directora dos Serviços de Educação e Juventude prevê que 200 instituições de ensino ou associações apresentem cerca de 2 mil e 500 cursos. Leong Lai explicou que “Cada curso pode contar com dez participantes”. Para este ano, e de acordo com a responsável, estima-se uma participação total de 41 mil pessoas.

Neste programa estão abrangidos todos os cursos registados ou reconhecidos pelo Executivo, incluindo a formação em Macau e no exterior. Leong Heng Teng esclareceu que os cursos podem ser leccionados em qualquer língua, independentemente de serem para aprendizagem de uma língua estrangeira ou de outras matérias.