Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Chan Meng Kam com mais 9.300 votos que em 2009
Segunda, 16/09/2013

A lista liderada por Chan Meng Kam obteve mais 9.300 votos nas eleições de ontem em relação ao que tinha sucedido em 2009, quando obteve 17 mil votos. Em sinal contrário, a lista da Federação das Associações de Operários de Macau perdeu mais de 9.100 votos. Em 2009, a candidatura de Kwan Tsui Hang venceu com 21.098 votos, mas ontem obteve apenas 11.961 votos.

 

Outro dos derrotados das eleições de ontem foi Ng Kuok Cheong, que perdeu mais de cinco mil votos. Em 2009, obteve 16.424 votos e ontem apenas 10.986 votos. O colega da Associação Novo Macau, Au Kam San, perdeu quase três mil votos, passando de 11.024, em 2009, para 8.826 votos, em 2013.

 

Quem reforçou a sua votação foi o empresário do ramo do imobiliário Mak Soi Kun, que obteve agora mais 5.900 votos, passando dos 10.348 votos, em 2009, para 16.248 alcançados nas eleições de ontem.

 

Na comparação entre os resultados de 2009 e 2013, há listas que, ao reforçar a votação, conseguiram resultados muito positivos. Como é o caso da lista da União Geral das Associações de Moradores de Macau, que, com uma subida de 1.772 votos, garantiu a eleição de mais um deputado. Já a Nova Esperança, de Pereira Coutinho, teve agora mais 210 votos, o que, mesmo assim, lhe permitiu a eleição do segundo candidato.

 

A lista de Angela Leong também perdeu votos em relação a 2009. A diferença entre as duas votações é superior a mil votos. Já Melinda Chan reforçou a votação em quase 900 votos, passando de 7.857 para 8.755 votos.

 

Já Agnes Lam teve nas eleições de ontem menos 105 votos. 5.329 em 2009 e, ontem, 5.224 votos.