Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Defesa de Pedro Chiang admite recorrer da pena
Sexta, 25/03/2011
A defesa de Pedro Chiang - hoje condenado a seis anos e 10 meses no âmbito do terceiro processo conexo ao do antigo secretário Ao Man Long - admite recorrer da pena. "Não desisto de lutar pelos direitos quando acredito neles. É uma hipótese em aberto", disse João Miguel Barros, no final da leitura da sentença.

O advogado acrescentou que o acordo de cooperação judiciária assinado entre Portugal e a RAEM é muito limitado na sua eficácia e mostrou-se convicto de que Pedro Chiang - que é cidadão português e vive em Portugal - "não pode ser extraditado para Macau".

João Miguel Barros congratulou-se ainda com a absolvição no caso dos crimes de branqueamento de capitais. "Há uma inversão e uma correcção de decisões anteriores, que tinham sido muito cegas" na interpretação da lei.