Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Caso Luís Amorim: MP fez “tudo para apurar a verdade”
Quarta, 31/07/2013

O Ministério Público de Macau fez “tudo o que era possível para apurar a verdade” no caso da morte de Luís Amorim, afirma o procurador da RAEM Ho Chio Meng, em entrevista ao Jornal Tribuna de Macau.

 

Sobre o processo que foi sucessivamente arquivado pelo Ministério Público, o magistrado diz que “não há dados novos” e que “não houve encobrimento dos factos”, respondendo, desta forma, ao facto de os pais do jovem português terem intentado uma acção contra a RAEM alegando falhas na investigação da morte.

 

Nesta entrevista, Ho Chio Meng diz ainda que o número de magistrados portugueses em Macau, a quem dá nota “positiva” pelo trabalho que têm feito, “é para já suficiente”, não havendo, por isso, necessidade de recrutar mais magistrados em Portugal.

 

Quanto ao futuro, diz que quer “continuar a desempenhar a função de procurador”. Questionado sobre a eleição para Chefe do Executivo, Ho Chio Meng refere que tem que ser “prudente” sobre a questão, acrescentando que agora “não é o momento propício para falar sobre o assunto”.