Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (quinta-feira)
Quinta, 25/07/2013

As declarações de Francis Tam sobre a transparência das concessões do jogo estão em destaque em quase todos os jornais publicados em Macau, bem como a ordem das listas concorrentes às eleições legislativas.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

No Va Kio, o maior destaque é dado às declarações de Francis Tam. O secretário para a Economia e Finanças diz que 2015 será o ano ideal para discutir a renovação de contratos do sector dos jogos. Tam defende ainda que os contratos de concessão com as operadoras são transparentes e sem acordos secretos. É a reacção do governante às acusações de Jason Chao.

 

Foco ainda para a notícia de que a Polícia de Segurança Pública deteve dois homens da China por suspeita de furto durante um voo.

 

Ao contrário do que é habitual, hoje, o Ou Mun tem apenas um tema na primeira: os Serviços de Administração e Função Pública realizaram o sorteiro da ordem das candidaturas para a Assembleia Legislativa.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

No canal chinês da Rádio Macau, a notícia que tem estado em destaque esta manhã dá conta de que os Estados Unidos pede à Rússia que esclareça a situação de Edward Snowden.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“Autocarros envolvidos em 93 acidentes por mês”, lê-se na manchete do Jornal Tribuna de Macau – “Média do primeiro semestre inclui Reolian, Transmac e TCM”.

 

Grande foco apontado também ao sorteio das listas para as eleições legislativas: “Sorte ditou a ordem das candidaturas à AL”.

 

No Hoje Macau, “Risco de Vida” é o título principal – Wong Kit Cheng, candidata e vice-presidente da Associação Geral das Mulheres “entende que não devem ser recrutados enfermeiros portugueses porque não conhecem a língua.”

 

Outra notícia em destaque: “Concessões e subconcessões – Francis Tam põe tudo em pratos limpos”.

 

No Ponto Final, o título principal refere um “Jantar mistério” –  referência para o julgamento do chamado “caso La Scala” – “O jantar no Golden Dragon, entre Ao Man Long, Steven Lo e Joseph Lau, tem sido apontado pela acusação como a ocasião em que foi combinada a corrupção em torno dos terrenos do La Scala. Mas a defesa garante que isso é impossível: registos fronteiriços colocam o ex-secretário fora de Macau nesse dia.”

 

O outro grande destaque desta edição é um “Recado aos americanos” – “As declarações de Zhang Jingfeng, representante do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês em Macau, contra a interferência de entidades e pessoas estrangeiras nas eleições são lidas por analistas políticos como um recado aos americanos, acreditando-se na tese de que terá havido a tentativa de financiarem listas eleitorais.”

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Macau Daily Times destaca no título principal que os casinos de Macau estão no topo da valorização bolsista nas empresas do sector do entretenimento e hotelaria.

 

Outra notícia relacionada com a principal indústria de Macau em destaque nesta primeira página: Francis Tam nega qualquer “acordo secreto” com as operadoras do jogo.

 

Este é um tema que salta também para a primeira do Business Daily: Francis Tam “rejeita ‘acordos secretos’ a propósito da subconcessão à Sands”, escreve o jornal, que na manchete informa que “Governo congela contrato para recolha de lixo numa altura em que batalha legal se intensifica”.

 

O Macau Post Daily Independent tem a primeira dominada pela notícia de que “Governo publica ‘online’ os contratos das subconcessões”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

“Aumenta a pressão sob Paul Chan devido a contenda por terreno”, lê-se no título principal do South China Morning Post, que aborda assim a notícia de que familiares do secretário para o Desenvolvimento têm planos para vender um terreno em Kwu Tung.

 

Grande destaque dado também a Edward Snowden, que “permanece numa confusão de vistos” – o homem que denunciou o programa de espionagem norte-americana continua no aeroporto de Moscovo, pois ainda não terá obtido a autorização por parte das autoridades russas para abandonar o país.

 

O combate às “casas infernais”, os apartamentos subdivididos, domina a primeira página do jornal The Standard, que destaca o plano de realojamento de cerca de 75 mil agregados familiares em áreas residenciais temporárias.

 

O China Daily, o jornal oficial chinês, destaca na manchete que “Li aponta o caminho para a reforma dos caminhos-de-ferro” – referência para os planos do primeiro-ministro Li Keqiang, que apelou a uma mudança nos métodos de financiamento dos caminhos-de-ferro e da construção em zonas do interior da China.

 

Foco apontado, ainda, à notícia de que “índice de produção industrial fraco faz soar o alarme” sobre a economia chinesa.