Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Lau Fat-Wai: China executa cidadão português
Sexta, 19/07/2013

O residente de Macau com nacionalidade portuguesa que, em 2009, foi condenado à morte na China foi executado. A informação foi avançada à Amnistia Internacional de Hong Kong pelo irmão de Lau Fat-Wai e confirmada junto da família pelo jornal Ponto Final.

 

O homem de 53 anos foi condenado em Cantão por transporte de droga, posse ilegal de arma e contrabando de materiais para fabrico de estupefacientes.  A execução da pena capital aconteceu em Fevereiro.

 

Sobre este caso, em Janeiro do ano passado, chamado a comentar o andamento do processo, o então cônsul-geral de Portugal Manuel Cansado de Carvalho, disse apenas que o caso “não se passa em Macau”, remetendo qualquer esclarecimento adicional para o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

 

Em Fevereiro, a presidente da Assembleia da República Portuguesa emitiu um comunicado em que se manifestava contra a execução de Lau Fat-wai. 

 

No mesmo mês, Assunção Esteves reuniu-se com o então embaixador de Portugal em Pequim, José Tadeu Soares, e manifestou-se “optimista” quanto ao desfecho do caso.