Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Governo com medidas para minimizar efeitos das inundações
Quarta, 03/07/2013

O Governo vai tomar medidas para reduzir os efeitos das inundações, anunciou esta tarde Lau Si Io. Os Serviços Meteorológicos já tomaram medidas para reforçar a divulgação das informações: "importar, de Hong-Kong, um server, agora na fase de teste, que permite a prestação de serviços meteorológicos através da página de internet nos telemóveis. A APPS da Direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos está na fase de teste, prevendo-se a sua utilização a título experimental este mês. No website da Direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos vai ser acrescentada a previsão do tempo, incluindo informações sobre chuvas intensas, prevendo-se o início do seu funcionamento em Agosto”, avançou Lau Si Io.

 

Para dar resposta às inundações e responder atempadamente o Governo planeia, diz o secretário para os Transportes e Obras Públicas, “instalar oito novas estações de monitorização em vários locais da Península de Macau, Ilha da Taipa e da Ilha de Coloane, algumas serão instalados nos locais onde frequentemente ocorrem inundações”. As novas estações de monitorização, para além de supervisionar a inundação, vão também o registo da temperatura, humidade, direcção e velocidade do vento, e a quantidade de precipitação.

 

O secretário lembrou ainda os trabalhos de drenagem feitos já na Avenida Horta e Costa e acrescentou que, ainda este ano, deve estar concluída a construção da rede de drenagem na Estrada Governador Albano de Oliveira e Avenida dos Jogos da Ásia Oriental.

 

Quanto a medidas a longo prazo, Lau Si Io adianta que o Governo “vai incumbir uma entidade de consultadoria para proceder à avaliação da futura rede de drenagem de Macau, vai dar início a obras de aumento da capacidade e modificação das redes, articulando com as futuras necessidades da sociedade e do desenvolvimento económico”.

 

Mas os deputados não estão satisfeitos com o que foi anunciado. Ng Kuok Cheong afirma que “a população sente que a situação está pior”. Já Au Kam San diz que as respostas de Lau Si Io “fazem rir” e e questiona “se já está tudo tão bem porque o problema está cada vez pior”. O deputado Chui Sai Cheong questionou ainda sobre a limpeza dos esgotos porque diz haver quem se queixe que não vê ninguém a fazer esses trabalhos. Do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais chegou a resposta: os trabalhos são feitos durante a noite por uma equipa de 97 a 100 pessoas.