Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Comissão eleitoral investiga queixas de propaganda ilegal
Terça, 02/07/2013

A Comissão de Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa (CAEAL) diz ter recebido “queixas apresentadas pelos cidadãos, indicando que existem candidaturas a apelar, via telefone, aos eleitores para votar em determinado candidato”. Em comunicado, a CAEAL não especifica, contudo, que candidaturas são alvo das queixas, mas acrescenta que “está a desenvolver trabalho de investigação, e não exclui a possibilidade de encaminhar os casos para as autoridades competentes.”

 

A CAEAL recorda que, antes da data do início da campanha eleitoral, dia 31 de Agosto,  não pode realizar-se propaganda eleitoral “porque é ilegal”, incluindo “em nome de inquérito por telefone conhecer a vontade de votar dos eleitores para orientá-lo para votar ou não em determinado candidato.”