Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Terça-feira)
Terça, 18/06/2013

Numa semana que começou agitada, são vários os temas fortes que hoje fazem as primeiras páginas dos jornais locais: o julgamento do caso La Scala, a suspensão de Raymond Tam e a morte do Padre Lancelote Rodrigues dominam as capas da imprensa de Macau. Os jornais de Hong Kong voltam a dar destaque a Edward Snowden.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

Tanto o Va Kio, como o jornal Ou Mun dedicam hoje a manchete à suspensão de Raymond Tam do cargo de presidente do conselho de administração do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM). Tam vai ser substituído por Alexis Vong, até agora presidente do Instituto do Desporto.

 

O Ou Mun dá conta da reacção da deputada Kwan Tsui Hang, que manifesta dúvidas sobre a capacidade de Alexis Vong para estar à frente do IACM e explica que o Tribunal de Última Instância decide hoje se Florinda Chan é arguida no processo relacionado com o caso das campas.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

O IACM também é o assunto do dia na Ou Mun Tin Toi. Ma Kam Keong, administrador do instituto, assegura que os trabalhos não vão ser alterados com a modificação da constituição do conselho de administração do IACM.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Macau Daily Times conta nas gordas de hoje que o julgamento do caso La Scala avança sem a presença de Joseph Lau. Em falsa manchete, uma imagem de Alexis Tam e Alex Vong, que ilustra a suspensão de Raymond Tam do cargo de presidente do conselho de administração do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais.

 

Raymond Tam ocupa grande parte da primeira página do Macau Post Daily, que ocupa o resto da capa com um assunto que tem dado muito que falar em Hong Kong. Edward Snowden, o antigo colaborador da CIA que denunciou a existência de um programa ilegal de vigilância norte-americano, avisa que a “a verdade está a chegar e não pode ser travada”.

 

O Business Daily também puxa para manchete o caso La Scala, que começou sem um dos arguidos principais. A primeira página divide-se depois em várias chamadas para temas distintos, da suspensão de Raymond Tam às intenções de abertura de um espaço de arte de uma casa de leilões de arte.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“A integridade conta ou talvez não”, escreve hoje em título principal o jornal Ponto Final, acerca da participação num concurso público da Chon Tit – empresa que teve um administrador envolvido no mega-caso Ao Man Long. No destaque com imagem, um dos temas do dia: “Tam suspenso”.

 

O Hoje Macau publica uma imagem a preto e branco na primeira página, em referência à morte do Padre Lancelote Rodrigues: “Um grande homem deixou-nos. Mas ele está no meio de nós”. No topo da capa, destaque para o chamado caso das campas: “Chui Sai On suspende Raymond Tam, Alex Vong vai assumir liderança do IACM, José Tavares presidente-interino do ID”.

 

Também o Jornal Tribuna de Macau opta por uma fotografia de Lancelote Rodrigues para a edição de hoje. Na manchete, “90 dias de suspensão para Raymond Tam”. O diário explica que o “relatório aponta para indícios de infracções no exercício de funções”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post volta a fazer manchete com Edward Snowden, que, numa conversa via chat, garante não ser um espião ao serviço da China. O caso La Scala também está em foco na primeira página do principal matutino de língua inglesa da região vizinha. “Magnata quer ser julgado sem estar presente”, escreve o South China, que fotografou ontem à noite o empresário – que alega doença para não comparecer em tribunal – à saída de um restaurante em Wanchai.

 

O Standard ocupa a primeira página com o julgamento de um taxista de 64 anos, acusado de condução perigosa. O arguido admitiu o crime – o motorista convenceu quatro turistas a fazerem uma estranha viagem de curvas e contracurvas que acabou em acidente, com o táxi a bater numa árvore.

 

“A nova tecnologia pode ajudar a manter a comida segura”, escreve o China Daily em manchete. O vice-primeiro-ministro Wang Yang apelou ao envolvimento da população no controlo da segurança alimentar. Ainda na capa do diário oficial, as declarações de Edward Snowden, que garante não ser um espião contratado por Pequim.