Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Coutinho: Tolerência zero para altos cargos públicos
Quinta, 13/06/2013

Tolerância zero para a impunidade dos altos cargos públicos. É o que considera o deputado Pereira Coutinho que, hoje de manhã, entregou uma petição a Chui Sai On em que pede ao Chefe do Executivo para que explique, publicamente, as razões da investigação que está a ser feita à secretária para a Administração e Justiça, Florinda Chan. 

Em declarações à Rádio, Pereira Coutinho diz que “o que acontece cá em Macau é que quanto mais elevado for o cargo mais existe aceitação de irresponsabilidade por parte dos nossos governantes e isto não pode ser assim”. “Nós temos que exigir zero tolerância para os que assumem cargos de elevada responsabilidade porque é desta forma que nós podemos depois ter a moral de exigir o cumprimento da lei por parte dos cidadãos de Macau”, afirmou avançando depois alguns exemplos do que se passa em Hong Kong. “Veja-se que, no passado, o ex-secretário das Finanças de Hong Kong, pelo facto de ter beneficiado de 50 mil dólares para efeitos de isenção de impostos, foi obrigado a pedir a demissão. Por outro lado”, continuou o deputado, “o ex-comissário contra a corrupção de Hong Kong, pelo facto de ter dado vinho chinês aos dirigentes da República Popular da China também se viu obrigado a prestar esclarecimentos à Assembleia Legislativa e aos meios de comunicação social e, neste momento há um processo de averiguação a ser desencadeado”.

Em resumo, conclui Pereira Coutinho, “os níveis de exigência de responsabilidade dos titulares dos principais cargos devem ser muito elevados”