Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Raymond Tam demite-se de comissão eleitoral
Terça, 04/06/2013

Raymond Tam demitiu-se do cargo de vogal da Comissão para os Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa (CAEAL). De acordo com o Gabinete do Porta-voz do Governo, o presidente do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) apresentou o pedido de demissão, hoje, alegando “motivos pessoais”.

 

Lo Veng Tak, vice-presidente do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais, foi entretanto nomeado, por despacho do Chefe do Executivo, vogal da CAEAL.

 

De recordar que a presença de Raymond Tam na CAEAL foi alvo de várias críticas de deputados, devido ao facto de o presidente do IACM ser um dos arguidos no chamado “caso das campas”.

 

Foi em Dezembro passado que o Ministério Público deduziu a acusação, tendo sido constituídos quatro arguidos: Raymond Tam, o vice-presidente do IACM, Lei Wai Nong, o chefe do Departamento dos Serviços de Ambiente e Licenciamento, Fong Vai Seng e ainda o ajudante encarregado Siu Kok Kun.

 

A acusação deve-se ao demasiado tempo que o IACM demorou a entregar documentos durante a investigação ao caso da atribuição de dez sepulturas perpétuas no Cemitério de São Miguel Arcanjo. A moldura penal nestes casos, de acordo com o Código Penal, pode ir até cinco anos de prisão.