Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Empréstimos para habitação aumentam 50 por cento num mês
Quarta, 22/05/2013

Os bancos de Macau aprovaram em Março empréstimos hipotecários para habitação no valor de 3,1 mil milhões de patacas, mais 50 por cento do que em Fevereiro, indicam dados oficiais divulgados pela Autoridade Monetária (AMCM).

 

Na comparação anual, os empréstimos hipotecários para habitação aumentaram 13 por cento.

 

De acordo com a AMCM, os residentes locais são quem recorre mais ao crédito, mas os não-residentes também estão a pedir mais dinheiro – 5 por cento é valor do aumento do montante concedido em Março aos não-residentes. Do lado dos residentes, que representam 97 por cento dos empréstimos aprovados, o aumento do montante chegou aos 52 por cento.

 

Quanto ao rácio das dívidas não pagas aos empréstimos para habitação foi de 0,06 por cento, ou seja, manteve-se inalterado face ao mês anterior, tendo recuado 0,02 pontos percentuais em termos anuais.

 

Já os novos empréstimos comerciais para actividades imobiliárias diminuíram 67 por cento face a Fevereir, atingindo, ainda assim, os 2,4 mil milhões de patacas. Em relação a Março do ano passado, a queda foi de 35 por cento.