Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Quarta-feira)
Quarta, 22/05/2013

 

A situação dos estudantes estrangeiros formados no território e a aprovação na Assembleia Legislativa de uma lei de compra e venda de imóveis dominam as páginas da imprensa portuguesa de hoje além do temporal que se abate, nestes dias, sobre Macau.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

“Nem Bir nem blue card” é a manchete do Ponto Final que noticia a posição do think thank do Governo que defende a necessidade de garantir a permanência a estudantes estrangeiros formados no território. Em grande destaque surge a aprovação da lei que regula a compre e venda de imóveis em construção. “Aprovo mas pouco” é o título, isto porque no próximo ano a Assembleia dever rever a lei.

 

O Hoje Macau diz que Assembleia Legislativa está preocupada com estudantes do exterior no mercado de trabalho local. Manchete: “Governo diz nim”. Destaque também para a criação de um mestrado em Tradução e Interpretação no Instituto Politécnico nem cooperação com a Universidade de Lisboa. “Bilinguismo, Cooperação aumenta”.

 

No Jornal Tribuna de Macau, em grande foto surge uma árvore caída e o título “Maio tempestuoso”. Em manchete, “’Ataques’ não travam intenção de Agnes Lam concorrer à AL”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Daily Times dá grande destaque ao tornado nos Estados Unidos com uma foto da devastação. A manchete recorre a declarações do presidente da Associação Americana de Jogo, Frank Fahrenkopf: “Macau não devia temer a concorrência”.

 

O Business Daily realça a vitalidade do comércio local. “Lojas prosperam enquanto vendas a retalho duplicam”, diz em manchete referindo-se aos ganhos verificados no comércio local ao longo dos últimos três anos.

 

O Macau Post dá espaço da manchete à aprovação, ontem, na Assembleia Legislativa, da lei de compra e venda de imóveis. “Deputados criticam mas lei é aprovada”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

No South China Morning Post, o destaque vai para o tornado nos Estados Unidos. Em grande foto, uma mulher socorre uma criança no meio de uma terra destroçada. A manchete é, porém, de crime. Três detidos na sequência de uma investigação policial ao caso de fraude na Bolsa de Comércio de Hong Kong.

 

No Standard, a mesma notícia. “Escândalo na Bolsa de Comércio de Hong Kong obriga Cheung a afastar-se”, é o título.

 

No China Daily, foto do primeiro-ministro chinês na Índia. Título refere “China e Índia em conversações de parceria comercial”, diz Li Keqiang de visita a Bombaím. As gordas vão para uma cimeira informal entre Xi Jiping e Barack Obama. Os dois líderes devem encontrar-se no próximo mês na California.