Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Austeridade é um “remédio suicidário”, considera Cravinho
Sábado, 18/05/2013

A política de austeridade nada resolve, considera João Cravinho. Em entrevista à Rádio Macau, o antigo ministro do Governo de António Guterres defende que a austeridade “trará pobreza, estagnação económica e recessão por muitos anos”. “Está provado que é um remédio suicidário”, alerta.

 

Quanto ao futuro político em Portugal, João Cravinho acha que o Partido Socialista tem de transmitir a imagem de que é uma verdadeira alternativa ao actual Governo. Quanto a António Seguro, considera que não tem sido “um líder fraco, mas também não tem sido empolgante”. “Portugal precisa de um líder empolgante. O país precisa de um homem em quem deposite confiança”, vinca.

 

João Cravinho é o convidado desta semana do programa Rádio Macau Entrevista, que pode ser ouvido neste site.