Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

João Cravinho: Futuro da Europa passa por federação
Sábado, 18/05/2013

A crise na Europa não está ultrapassada e deverá demorar mais cinco ou dez anos até ser resolvida. A opinião é de João Cravinho, antigo ministro do Governo de António Guterres. Convidado do programa Rádio Macau Entrevista, João Cravinho diz que “o momento é de verdadeira encruzilhada”. “Sentimos que a resposta é lenta. A crise está para durar, ao contrário do que alguns julgam.”

 

A criação de uma federação dos países europeus pode ser a saída para a crise. “Não é possível haver união monetária, nem haver moeda única para 17 países, sem que haja um governo político. A solução que pode existir, com mais ou menos divergência ou criatividade, é uma federação”, considera João Cravinho.

 

O programa Rádio Macau Entrevista pode ser ouvido neste site.