Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Câmara Europeia de Comércio abre em Macau até fim do ano
Quarta, 15/05/2013

Até ao fim do ano vai estar operacional, em Macau, a Câmara de Comércio Europeia. Foi uma garantia deixada, esta tarde, pelo director do Gabinete da União Europeia para Macau e Hong Kong, Vincent Piket, à entrada de um seminário sobre os contributos da Europa para Macau. O apoio da União Europeia a esta iniciativa conjunta das câmaras de comércio dos países da União é total e, assegura Vicent Piket, a abertura da Câmara de Comércio está por meses. “Como representante da União Europeia estamos empenhados em que este novo organismo floresça”, notou Piket. “Esperemos que possa dar mais apoio ao comércio bilateral e mais visibilidade às empresas da União Europeia. Penso que a abertura estará iminente”. Piket referiu-se às recomendações feitas, aonteontem, pela União Europeia ao Governo de Macau para que adira ao Acordo de Compras Públicas, firmado no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC). A poucos metros de distância de Vincent Piket estava a secretária para Administração e Justiça. Florinda Chan recordou que Macau é membro fundador da OMC e que o Governo pretende analisar o teor das recomendações. “Damos muita importância às recomendações porque Macau é membro fundador da OMC. Vamos analisar e dentro das possibilidades de Macau vamos dar atenção a essas recomendações”. O relatório da OMC aponta ainda para urgência em diversificar a economia em nome da sustentabilidade futura, para mais mão-de-obra estrangeira e condições de concorrência mais leais e equitativas. Florinda Chan aos jornalistas reiterou o empenho do Executivo em reforçar a cooperação com a União Europeia, em especial, nas áreas jurídicas e da tradução.