Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Terça-feira)
Terça, 14/05/2013

Sexo, religião e suspeitas de nepotismo. São os temas que atravessam as primeiras páginas da imprensa portuguesa. O Jornal Tribuna de Macau faz reportagem da procissão das velas assinalando as aparições de Fátima, o Hoje Macau destaca a entrega de uma obra oficial, sem concurso público, a uma empresa do deputado Fong Chi Keong, e o Ponto Final dedica a manchete ao (ir)reconhecimento dos direitos dos transexuais em Macau.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Va Kio avança que as Alfândegas de Macau e de Hong Kong desvendaram, no passado fim-de-semana, o maior caso do contrabando de tabaco desde o estabelecimento da RAEM. Houve detidos, entre eles o responsável de uma empresa de Macau. O Va Kio refere ainda um caso envolvendo um avião da Air Macau no vôo do Japão para a RAEM. Três hospedeiras ficaram feridas. O jornal diz também que os Serviços de Saúde lançaram um alerta aos casinos: as operadoras do jogo devem cumprir, rigorosamente, as correspondentes orientações de medição de qualidade do ar.

 

O Ou Mun fala da abertura das candidaturas à habitação social. Vai acontecer no próximo dia 22, devendo 4800 apartamentos ser atribuídos os agregados familiares que já estão na lista de espera. O chefe do Gabinete do Secretário para os Transportes e Obras Públicas, Wong Chan Tong, diz que o Governo pretende fazer uma revisão aprofundada do “mecanismo de saída da habitação social”.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

Na Ou Mun Tin Toi, ouviu-se esta manhã que um homem e uma mulher residentes de Macau caíram ao mar e morreram, na zona do Fai Chi Kei. Soube-se também que o deputado Ng Kuok Cheong pediu ao Governo que explique a reserva dos terrenos “destinados a residentes de Macau”. Do estado do tempo, a rádio anunciou esta manhã que o sinal de trovoada está içado – foi emitido às 10h34. A deputada Kwan Tsui Hang pediu que os responsáveis dos departamentos das Obras Públicas estejam presentes na Assembleia Legislativa para explicar as causas da inundação da semana passada.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“O sexo do BIR” é a manchete escolhida pelo Ponto Final para se referir à controvérsia entre juristas sobre o reconhecimento dos direitos da transexualidade em Macau. Em grande destaque também a fraca execução do Plano de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração (PIDDA). Em Abril, a taxa de execução do plano não chegava aos três por cento.

 

No Hoje Macau, surge uma grande foto do deputado Fong Chi Keong sobre um alegado caso de favorecimento ao deputado. “De mão beijada” é a manchete para a notícia da entrega a uma empresa do deputado, por adjudicação directa, da remodelação de um edifício governamental. Outro título do diário refere-se às receitas dos orçamentos suplementares da Administração. Proporcionaram mais 800 milhões, afirma o jornal.

 

O Jornal Tribuna de Macau entrega grande parte da primeira página às celebrações, em Macau, do 13 de Maio, com uma grande foto da procissão das velas: “Fé moveu centenas de fiéis”. Nas gordas, “Estudo de 2,7 milhões sobre autocarros na ‘gaveta’”, numa referência às declarações de Chan Meng Kam, que se queixa de que as promessas não estão a ser cumpridas.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Macau Daily Times traz em manchete as garantias de um alto funcionário sobre a abertura de casinos na ilha taiwanesa de Matsu: “Licença de jogo na ilha de Matsu não vai afectar as relações com Macau”. Em baixo, uma fotografia de Ava Chan: a jornalista fundou um jornal e promete uma nova agenda noticiosa.

 

O Macau Post Daily refere a apreensão de tabaco na Alfândega de Macau. “Apreendido um recorde de quatro toneladas de tabaco”. Trata-se do caso do género de maior dimensão desde a fundação da RAEM.

 

“Casinos competem nos aviões privados para jogadores VIP”, titula o Business Daily, que entrega uma das chamadas de primeira página à reabertura dos concursos para habitação social no próximo dia 22. “Quatro anos de espera para candidatos a habitação social.”

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post dá grande destaque à decisão do Tribunal de Última Instância de Hong Kong, que aprovou o casamento de uma transexual. As gordas vão para um caso do sector imobiliário: “Canceladas vendas de suites em hotel de luxo num valor total de 1,4 mil milhões de dólares”.

 

No Standard, a primeira é feita de publicidade. O principal título da edição desta terça-feira refere-se também à suspensão das vendas de suites num hotel de luxo de Hong Kong.

 

No China Daily, uma cara da lusofonia está na foto de grande destaque com o Presidente chinês. Trata-se de Armando Guebuza, o chefe de Estado de Moçambique, em conversa com Xi Jinping no Grande Palácio do Povo, em Pequim.