Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Saúde de Joseph Lau não será avaliada por médicos de Macau
Domingo, 12/05/2013

O plano de enviar a Hong Kong uma junta médica de Macau para avaliar a saúde do empresário Joseph Lau, arguido no chamado “caso La Scala”, não vai em frente, noticia hoje o Sunday Morning Post. De acordo com o jornal, que cita, sob anonimato, uma fonte jurídica “bem colocada”, os Serviços de Saúde informaram o Tribunal Judicial de Base que está fora da jurisdição de Macau enviar médicos a Hong Kong.

 

O diário acrescenta que as autoridades de Macau ponderam agora a hipótese de médicos do território vizinho averiguar o estado de saúde de Joseph Lau, mas nenhum pedido nesse sentido foi ainda feito.

 

De recordar que, no passado dia 29 de Abril, o julgamento foi adiado pela terceira vez, depois de Joseph Lau, o presidente da Chinese Estates Holdings, a promotora do empreendimento “La Scala”, ter apresentado novamente um atestado médico. O tribunal decidiu, então, enviar uma junta médica de Macau a Hong Kong para averiguar o estado de saúde do magnata, que pela segunda vez não compareceu em tribunal alegando doença.

 

Joseph Lau e outro magnata de Hong Kong, Steven Lo, terão dado 20 milhões de dólares de Hong Kong ao antigo secretário para os Transportes e Obras Públicas Ao Man Long para obterem informação privilegiada, de acordo com a acusação deste caso.