Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Concurso dos lixos à medida do vencedor, diz Coutinho
Terça, 07/05/2013

Um concurso à medida do vencedor. É assim que o deputado Pereira Coutinho descreve o concurso público para a recolha de lixos urbanos em que a empresa seleccionada esteve associada ao caso de corrupção Ao Man Long.

 

Entre as cinco empresas que concorreram, o Governo decidiu atribuir a concessão à CSR - companhia de sistema de resíduos – que vai continuar a explorar o negócio da recolha de lixos por mais dez anos.

 

Em reacção, Coutinho mostra-se inconformado com esta decisão e recorda que a CSR teve administradores condenados por corrupção no caso Ao Man Long.

 

“A empresa esteve envolvida no caso Ao Man Long”, recordou. “Foi julgada e condenada e agora vem outra vez a concorrer em situações de igualdade de circunstâncias. Não podia de maneira nenhuma ser levada em consideração da mesma forma de outras que sempre se portaram bem”, insurge-se.

 

Pereira Coutinho não entende a opção tendo já escrito uma interpelação ao Chefe do Executivo em que acusa o Governo de ter feito um concurso à medida da empresa vencedora. O deputado diz aguardar por explicações de Fernando Chui Sai On admitindo recorrer a outras formas de protesto.