Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Coutinho: Nova Esperança já tem número dois
Sábado, 27/04/2013

Pereira Coutinho já tem um número dois para as eleições de Setembro. O deputado não revela, por enquanto, o novo nome da lista Nova Esperança, embora reconheça pressões para divulgar publicamente quem é o substituto de Rita Santos.

 

O presidente da Associação de Trabalhadores da Função Pública de Macau (ATFPM) admite que não foi fácil encontrar o candidato. “Há uma luta para ser o segundo das outras listas. No nosso caso é o inverso.”

 

Os vários convites que a direcção da ATFPM fez não foram aceites – não por falta de interesse, diz o deputado, mas porque os requisitos são apertados. “A primeira coisa é ter disponibilidade, ter 24 horas por dia para servir a população de Macau.” O candidato que quiser fazer parte da Nova Esperança também “não pode ter negócios e tem de sacrificar a vida pessoal”, acrescenta Pereira Coutinho, que quer um número dois a tempo inteiro, com vida “para ajudar as pessoas a resolverem os problemas”.

 

Encontrado o número dois, o deputado explica que se trata de um funcionário público e “uma pessoa de confiança”. “É aceite por todas as comunidades. É importante ser aceite pelas comunidades portuguesa, macaense, chinesa, filipina, tailandesa... Nasceu e viveu sempre cá em Macau. É importante que tenha cá nascido para ter amor à terra.”

 

Quanto ao momento para anunciar a identidade do candidato, Pereira Coutinho confessa que gostaria de dizer “já amanhã” quem o vai acompanhar na campanha eleitoral, algo que não faz por respeitar o pedido feito pelo número dois, que ainda tem questões pessoais para tratar antes de aparecer ao lado do líder da Nova Esperança.

 

O deputado é o convidado desta semana do programa Rádio Macau Entrevista, transmitido hoje e que está disponível neste site.