Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Demência afecta cinco por cento dos idosos de Macau
Terça, 16/04/2013

Cerca de 20 por cento dos idosos com mais de 65 anos, em Macau, são portadores de dificuldades cognitivas. É o que indica um estudo sobre demência senil elaborado pelo Instituto de Enfermagem Kiang Wu e cujos resultados parciais foram divulgados hoje pelo Instituto de Acção Social (IAS).

 

Em conferência de imprensa, Choi Sio Un, chefe do Departamento de Solidariedade Social do IAS, adianta que os resultados deste estudo revelam números preocupantes – acima dos 65 anos, existe uma taxa de ocorrência de sintomas de demência na ordem dos cinco por cento. Uma das recomendações desta pesquisa pede, por isso, para uma sensibilização mais eficaz sobre a prevenção de doenças mentais.

 

Desde 2011, o IAS financiou em 1,3 milhões de patacas o Instituto Kiang Wu para desenvolver estudos sobre a demência e a terceira idade. O instituto tem vindo a criar vários serviços comunitários de apoio ao idoso, entre eles centros de memória e uma linha aberta para apoio a famílias e população em geral.