Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Albano Martins defende suspensão do imposto profissional
Sábado, 13/04/2013

O Governo deveria reduzir a carga fiscal do imposto complementar, defende Albano Martins que avança mesmo com a suspensão dos impostos profissional e complementar.

 

“O Governo, pouco ou nada, precisa já do imposto profissional e do imposto complementar para as empresas que não estão na área do jogo. No futuro eu não digo acabar mas digo que o Governo devia suspender, como suspendeu muitos dos pequenos impostos. (...) Até porque não faz muito sentido hoje estarmos a perder tempo com pequenos valores para a economia e ao mesmo tempo isso poderia financiar  as empresas em vez de o Governo estar a dar subsídios elevados para poderem sobreviver, como é o caso das Exposições e Convenções, que no ano passado receberam 109 milhões do Governo, no ano anterior 78 milhões”.

 

Albano Martins foi o convidado desta semana do programa Rádio Macau Entrevista, que está disponível nesta página.