Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Anselmo Teng promete mais risco nas aplicações financeiras
Segunda, 18/03/2013

O presidente da Autoridade Monetária de Macau, Anselmo Teng, promete uma estratégia de maior risco na aplicação das reservas financeiras de Macau que continuam a aumentar.

 

Até Fevereiro, o total da Reserva Financeira guardado nos confres do Governo chegava aos 164 mil e 300 milhões de patacas, um pouco mais do que a Reserva Cambial, que atingiu os 132 mil e 600 milhões até ao final do mês passado, de acordo com os dados revelados esta tarde por Anselmo Teng, por ocasião da recepção de Primaveram oferecida pela entidade reguladora.

 

A forma como o dinheiro está a ser aplicado tem sido criticada por alguns deputados que lamentam o conservadorismo e pedem mais risco. Anselmo Teng diz que a Autoridade Monetária “vai continua a ouvir as opiniões da sociedade, aumentando de modo adequado a carteira com activos de risco mais elevado na gestão das aplicações financeiras, para ter uma melhor contrapartida.”

 

Num discurso perante os responsáveis da economia e das finanças do teritório, o presidente da Autoridade Monetária deu ainda conta da boa saúde dos bancos de Macau.

 

No ano passado, as instituições bancárias viram o total de activos crescerem 21 por cento para quase 800 mil milhões. Só os depósitos aumentaram 33 por cento para 554 milhões de patacas. Mais moderada foi a subida dos empréstimos – 26 por cento –, devido aos 407 mil milhões concedidos.

 

Olhando para o resto do mundo, Anselmo Teng diz ver “sinais de recuperação na situação financeira internacional”, no entanto, acrescenta, “ainda há muitos factores de incerteza”, pelo que Macau deve manter a atenção e evitar influência negativas.