Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Rota das Letras: Mais Brasil na próxima edição
Domingo, 17/03/2013

Um balanço positivo embora com necessidade de correcções. São declarações de Ricardo Pinto, o director do festival literário Rota das Letras, que no encerramento do certame anunciou que a próxima edição terá uma maior participação do Brasil.

 

“Poderá haver, a partir deste momento, uma relação muito mais próxima com o Brasil, nomeadamente com a festa literária de Paraty. É esse o nosso interesse”, afirmou. “O ano que vem é importante para o Brasil. Iniciam-se uma série de eventos de grande alcance a nível mundial, com a Copa do Mundo e, depois os Jogos Olímpicos e, portanto, o mundo vai estar um bocadinho com os olhos postos no Brasil. Queremos que o próximo festival dê essa atenção ao Brasil”.

 

Na edição deste ano, ficou registado o reparo generalizado do público acerca da falta de ligação entre escritores chineses e de língua portuguesa . O director do Rota das Letras reconhece que “há que encontrar formas de promover essa interacção. Agora, ressalva, “a nossa principal preocupação era pôr os escritores em contacto com a população de Macau e julgo que isso foi conseguido de forma muito satisfatória, em especial com a população estudantil. Isso foi feito e agora é olhar para o que foi feito e ver onde se pode melhorar”.

 

Apesar de reconhecer fragilidades, Ricado Pinto entende que “o modelo não vai ser muito alterado, mas haverá mudanças de pormenor. Teremos outros convidados”, acrescenta, “outro tipo de eventos, mas isso passará por uma reflexão.”