Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Demografia: Macau tinha 582 mil pessoas no final de 2012
Terça, 05/03/2013

Macau tinha, no final do ano passado, 582 mil pessoas. O número foi divulgado hoje pelos Serviços de Estatística e Censos e revela um aumento de mais 4,4 por cento no número de habitantes.

 

A população está a aumentar, mas está também a envelhecer: 7,7 por cento das pessoas que vivem em Macau já fizeram 65 anos, o que significa que houve uma subida ligeira, de 0,4 por cento, em comparação com 2011. O dado pode, no entanto, ser preocupante, quando conjugado com o facto de haver menos residentes com idade entre os 0 e os 14 anos. Este grupo constitui 11,6 por cento da população, o que corresponde a uma diminuição de 0,2 por cento.

 

Apesar de haver menos crianças, 2012 – o ano do Dragão – foi fértil em nascimentos. Nos hospitais do território nasceram 7315 crianças, um aumento de 25 por cento face a 2011. Numa cidade onde a maioria da população é do sexo feminino, 2012 contribuiu para equilibrar as contas: por cada 100 meninas, nasceram 113,8 rapazes.

 

Quanto aos óbitos, contabilizaram-se 1841 – menos quatro pessoas morreram em 2012 do que no ano anterior. Os tumores, as doenças do aparelho circulatório e as doenças do aparelho respiratório são as principais causas de morte em Macau.

 

As estatísticas de 2012 incluem ainda o número de pessoas que se mudaram da China Continental para Macau durante o ano passado (4060). Em sentido contrário, foram repatriados 1151 imigrantes ilegais do Continente. Tanto em relação aos novos habitantes, como no número de repatriados, houve uma diminuição quando comparando com 2011. No final do ano passado, Macau era casa de 110.552 trabalhadores não residentes.

 

No que toca a casamentos e divórcios, entre as 582 mil pessoas que cá vivem, houve mais residentes a contraírem matrimónio (3783 casais) e mais casais a separarem-se (1230).