Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 31/01/2013

Um incêndio no Bairro Iao Hon, a revisão do Código de Processo Penal e os nomes que Pequim escolheu em Hong Kong para a Conferência Consultiva Política do Povo Chinês. Estes são alguns dos temas em destaque na imprensa desta quinta-feira.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

Os principais jornais de Macau em língua chinesa dão hoje destaque ao mesmo tema: um incêndio no Bairro Iao Hon obrigou à evacuação de dois prédios. O fogo foi causado por um curto-circuito numa fracção do edifício Mau Tan e as chamas chegaram a mais quatro apartamentos. O jornal Va Kio conta que uma idosa de 88 anos se sentiu mal devido ao fumo inalado, tendo sido transportada para o hospital.

 

O jornal Ou Mun dá-nos conta dos mesmos detalhes acerca do incêndio. O diário guarda ainda espaço na primeira página para o caso de uma gerente de uma sala VIP de um casino do território, acusada de ter feito um desvio de 58 milhões de dólares de Hong Kong. A mulher encontra-se em parte incerta. Há mais quatro trabalhadores envolvidos – suspeita-se que seriam cúmplices da gerente.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

Na Ou Mun Tin Toi, em foco esta manhã o pedido de Ng Kuok Cheong. Em interpelação escrita ao Governo, o deputado apela, de novo, à criação de um mecanismo para que os orçamentos de obras de grande dimensão passem pela Assembleia Legislativa. Ng Kuok Cheong diz-se preocupado com as contas do metro ligeiro e considera importante que este mecanismo de fiscalização da acção governativa seja implementado a tempo das obras do novo posto fronteiriço entre Macau e Zhuhai.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Hoje Macau escreve hoje que o território está “atrás da China no que respeita à protecção animal”, para o título: “Governo insensível”. Noutras chamadas de primeira página, referência ao processo de revisão do Código de Processo Penal – “Identidade e residência fora da esfera policial” – e à Universidade de Macau, que recebeu mais de metade do fundo disponível para as ciências e a tecnologia.

 

O Jornal Tribuna de Macau (JTM) opta por fazer manchete da revisão do Código de Processo Penal: “Coacção mínima ‘foge’ às polícias”. Na fotografia da primeira página, objectos de decoração no Largo do Senado – “58 eventos para marcar Festa do Ano Novo Lunar”. No canto superior esquerdo da capa do JTM, “Consciência de Macau critica semelhanças entre novo campus da Universidade de Macau e complexo em Nanquim”.

 

“O Ministério da instrução”, lê-se na edição de hoje do Ponto Final, que dá grande destaque ao processo de revisão do Código de Processo Penal. Em falsa manchete, “Prisão pelas costuras” – o jornal esteve no estabelecimento prisional em Coloane para assistir às comemorações do Ano Novo Lunar e saiu de lá com a imagem de um quadro “tudo menos festivo”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

“Casamentos falsos a aumentar, Procurador quer lei específica”, escreve o Macau Daily Times na edição desta quinta-feira. Na capa, destaque ainda para o calendário da nova prisão, que permanece por definir, e para o consumo de electricidade no Cotai Strip, que ultrapassa o da península.

 

O Macau Post Daily publica na primeira página a fotografia de quatro mulheres encapuzadas: são trabalhadoras de um casino acusadas de terem roubado 58 milhões de dólares de Hong Kong. O jornal refere ainda que há carne equivalente a 200 porcos que entra ilegalmente em Macau todos os dias – as contas são de uma associação local de venda de carne.

 

O comércio ilegal de carne de porco é o tema principal do Business Daily. Na primeira página do económico, a fotografia de Pereira Coutinho: três anos depois dos interesses empresariais lhe terem feito frente, o deputado apresenta uma nova proposta para a criação de uma lei sindical, escreve o jornal.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post puxa para manchete a nomeação de Henry Tang para a Conferência Consultiva Política do Povo Chinês. Escreve o jornal que a escolha do rival de C.Y. Leung é vista como um gesto de reconciliação de Pequim. Na fotolegenda, a Coreia do Sul e o lançamento de um satélite, para o título “Seul junta-se ao clube espacial global”.

 

No China Daily, destaque para a subida da confiança dos consumidores. Os salários e o optimismo em relação ao emprego fazem com que este índice na China ultrapasse a média mundial. Ainda na primeira página do jornal oficial chinês, espaço para Barack Obama, que tem planos para alterar a política de imigração com vista à captação de talentos para os Estados Unidos. O diário sublinha que os trabalhadores e estudantes chineses altamente qualificados que vivem em solo norte-americano poderão beneficiar com as intenções de Obama.