Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Nova delegada da AICEP quer diversificar exportações
Quinta, 24/01/2013

Captar investimento e diversificar a carteira das exportações portuguesas para Macau são as prioridades da nova delegada da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) no território.

 

Em declarações aos jornalistas à margem de um seminário realizado, esta manhã, no consulado-geral de Portugal na RAEM, no qual foi apresentado um novo programa de autorização de residência por investimento, Maria João Bonifácio afirmou que “gostaríamos de diversificar as nossas exportações para Macau. Estamos muito assentes - 50 por cento, sensivelmente -, na exportação de bens alimentares, sendo 70 por cento vinhos. Vamos continuar a apoiar estas áreas que são importantíssimas para Portugal e para Macau, mas gostaríamos de diversificar para outras áreas: a moda, o calçado, serviços, a arquitectura, engenharia, urbanismo, energias renováveis.”

 

Nestas declarações, a responsável comentou ainda o recente negócio da venda da participação que a Portugal Telecom (PT) detinha na Companhia d eTelecomunicações de Macau (CTM). Segundo a delegada, “a PT tem a sua estratégia e actuou de acordo com a sua estratégia. Pese embora tenha abandonado a participação na CTM, não deixa de prestar serviços técnicos à Citic, que comprou a participação da PT. Ao fim e ao cabo, a PT ainda fortaleceu, de certo modo, a sua presença na Ásia”.