Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Novo Macau organiza próprio programa Fórum Macau
Segunda, 14/01/2013

A Associação Novo Macau vai organizar no próximo domingo, no bairro Iao Hon, o próprio programa “Fórum Macau”. É mais uma forma de protesto contra o fim do programa da TDM, em chinês. “A Associação Novo Macau vai organizar a sua própria versão do Fórum Macau, no mesmo local, no domingo por volta das onze horas. Vamos avançar com o nosso próprio programa e transmiti-lo através da internet”, revelou Jason Chao, presidente da associação.

 

O Novo Macau organizou ontem um protesto em frente à TDM contra o fim do programa, ao qual se juntou a Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau (ATFPM).

 

A TDM justifica o fim do programa com a falta de recursos humanos, mas Pereira Coutinho, presidente da ATFPM, diz não estar convencido com as justificações. “O cancelamento demonstra mais uma vez que a TDM está a ser manipulada. Existem notícias provenientes de vários sectores que [indicam que] um assessor do Gabinete do Chefe do Executivo deu ordens directas para cancelar o programa à funcionária Norma Lo”, afirmou Pereira Coutinho.

 

Jason Chao também tem dúvidas sobre as justificações apresentadas pela TDM. “Há rumores a correr nos meios políticos de que um funcionário do Governo com uma posição elevada terá ordenado o fim do “Fórum Macau” porque temia que o programa pudesse ser utilizado por grupos da oposição como uma plataforma para criticar as más políticas do Executivo”, disse.

 

Os manifestantes entregaram uma carta à direcção da TDM, solicitando um encontro com Leong Kam Chun, presidente da comissão executiva da TDM.

 

A TDM reitera que o programa “Fórum Macau” foi cancelado por falta de recursos humanos e pela dificuldade de contratar mais trabalhadores.