Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Macau e Shenzhen cooperam na inspecção de medicamentos
Terça, 08/01/2013

Macau e Shenzhen assinaram hoje seis protocolos e memorandos de entendimento. É o resultado da reunião anual entre as duas regiões. Um dos acordos prevê que Shenzhen ajude Macau na construção de um laboratório para a inspecção de medicamentos.

 

A ideia da colaboração é que o território receba apoio não só no planeamento da estrutura física do laboratório, mas também na formação de técnicos. Para isso, no futuro, Macau deverá receber quadros especializados de Shenzhen. Ainda nesta área, as duas regiões acordaram em estreitar os mecanismos de comunicação, que vão também ser aperfeiçoados a nível dos próprios governos.

 

Outra área em que Macau e Shenzhen se comprometem a trabalhar em conjunto é a da fiscalização sanitária e de produtos alimentares. A principal área de foco passa pelas aves congeladas que chegam a Macau. Shenzhen vai apertar a fiscalização nos postos fronteiriços, mas também reforçar as acções de inspecção junto dos produtores. O protocolo agora assinado prevê também que apenas as unidades industriais certificadas por Shenzhen possam abastecer Macau.

 

No total de seis memorandos de entendimento e protocolos assinados hoje, há ainda um no sector da educação. Pensado está um programa de troca de informações e um intercâmbio entre professores das duas regiões.