Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Umac quer estar entre as 500 melhores do mundo
Sábado, 05/01/2013

O campus da Universidade de Macau (Umac) vai permitir apostar no aumento da qualidade do ensino, disse ao programa Rádio Macau Entrevista o professor Rui Martins.

 

No prazo de cinco anos, a Umac quer entrar no ranking dos 500 melhores estabelecimentos de ensino superior do mundo. "Nós estamos dentro das mil universidades de topo e temos uma posição que anda à volta de 800. Com esta mudança de instalações [para a Ilha da Montanha], investimento na qualidade e novos docentes, creio que podemos ambicionar, nos próximos cinco anos, entrar nas 500 universidades de topo a nível mundial."

 

O vice-reitor explica que uma das ambições será formar os futuros dirigentes de Macau, entre eles um dos próximos chefes do Executivo. “Uma das ambições da Universidade de Macau é um dos próximos chefes do Executivo ter sido treinado na Umac. Esperemos que sim.”

 

Rui Martins elogia o trabalho de Chui Sai On no cargo de Chefe do Executivo, a quem dá nove pontos numa escala de 0 a 10. “A escolha de Edmund Ho para primeiro Chefe do Executivo foi a escolha mais acertada”, começa por dizer. “Creio que a escolha de Chui Sai On na sequência de Edmund Ho vem numa certa linha de evolução, numa certa continuidade, que acho importante para a estabilidade de Macau. Creio que é uma intervenção positiva”, avalia, defendendo que o líder do Governo merece segundo mandato.