Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Deputados querem aplicações mais lucrativas para reserva
Terça, 04/12/2012

A Segunda Comissão Permanente da Assembleia Legislativa já terminou o parecer sobre a execução orçamental do ano passado. Os deputados voltam, no entanto, a sublinhar os poucos juros obtidos com as aplicações da reserva financeira que entrou em vigor no ano passado. “Nós alertámos a Autoridade Monetária de Macau para fazer aplicações financeiras mais lucrativas. Nós sabemos que os 0,24 por cento [de juros] é muito reduzido. Esperamos que a estratégia de investimento venha a ser reajustada”, sublinhou Chan Chak Mo, presidente da comissão.

 

Quanto ao relatório sobre a execução orçamental do ano passado, o Produto Interno Bruto regista uma expansão de quase 30 por cento, com as despesas dos não residentes nos casinos a representarem 91 por cento do PIB. As receitas brutas do jogo aumentaram quase 42 por cento.

 

O relatório diz que o forte aumento da procura interna e externa faz subir a inflação, com origem na importação de bens alimentares da China. Mas justifica a inflação com a valorização do yuan face à pataca, e reconhece que outra parte deriva do aumento generalizado das rendas de casa, associado ao substancial incremento da população residente.

 

O montante da despesa autorizada do orçamento integrado do Governo em 2011 foi de mais 20 por cento do que a prevista no orçamento inicial. A execução orçamental pautou-se pelo apuramento de um saldo equivalente a 26,5 por cento do PIB. O excedente da execução orçamental situou-se nos 60 mil e 300 milhões de patacas, valor acima do previsto.

 

As receitas cobradas subiram 57 por cento, ao mesmo tempo que diminuíram as por cobrar relativamente ao ano anterior. Subiram 18 por cento as despesas com pessoal, e 74 por cento com o PIDDA, cuja taxa de execução total rondou os 80 por cento.

 

Já as despesas de 2011 em operações financeiras escalaram 235 por cento, enquanto decresciam quase 60 por cento as transferências para o exterior. Por sectores, o maior crescimento da despesa paga ocorreu nas funções sociais, educação, saúde, segurança social, habitação, cultura.