Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Detido antigo braço direito de Pan Nga Koi
Domingo, 25/11/2012

Cinco pessoas foram detidas ontem em Macau por suspeita de estarem a planear um homicídio. As detenções ocorrem a poucos dias da libertação de Pan Nga Koi, o ex-líder da tríade 14 kilates. Entre os detidos encontra-se Arturo Chiang Calderon, o ex-agente da Polícia Judiciária que se acreditava ser uma peça-chave na organização.

 

Calderon foi detido num apartamento na Taipa. De acordo com a edição deste domingo do South China Morning Post, que cita fontes não identificadas, um funcionário de um casino é suspeito de ter pedido a Calderon que contratasse um atirador para assassinar a mulher. Em causa estaria um caso extraconjugal.

 

O jornal conta que duas pessoas que trabalhavam para Calderon foram detidas quando seguiam a mulher. Os agentes acabaram por deter depois Calderon, o atirador e o marido.

 

O diário explica também que a operação envolveu uma dezena de agentes e resultou ainda na apreensão de várias chaves de fendas afiadas, 20 facas, várias pistolas de ar e explosivos.

 

Os cinco homens foram detidos por suspeita de envolvimento em crime organizado, tentativa de homicídio e posse ilegal de armas.

 

Arturo Chiang Calderon, ex-investigador da Polícia Judiciária, foi detido pela primeira vez em 1998, na mesma altura que Wan Kuok-koi, conhecido como Dente Partido ou Pa Nga Koi. Foram condenados por envolvimento numa série de atentados à bomba e guerras sangrentas de tríades, que abalaram Macau nos anos 1990.

 

Calderon foi libertado depois de ter estado dez anos e meio na prisão. Já Pa Nga Koi é posto em liberdade no início do próximo mês.