Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 19/11/2012

O último dia do 59º Grande Prémio de Macau e a conquista do título em F3 pelo português António Félix da Costa fazem as primeiras páginas dos jornais locais. Em Hong Kong, os matutinos destacam a Cimeira das Nações do Sudeste Asiático.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Va Kio coloca em grande plano o Grande Prémio de Macau. Do último dia do evento, o jornal destaca a vitória do português António Félix da Costa na Fórmula 3 e ainda o piloto Michael Rutter, que bateu o recorde no Grande Prémio de Motos, ao conquistar o título pela oitava vez.

 

O Ou Mun realça a troca de hinos quando o português António Félix da Costa subiu ao lugar mais alto do pódio. Uma situação que o jornal refere de “embaraçosa” e que provocou uma onda de assobios. O Ou Mun diz mesmo que a comissão organizadora “foi ridicularizada” por causa deste erro.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi diz, nesta manhã informativa, que o Governo decidiu prolongar o Plano de Apoio Financeiro à Aquisição de Produtos e Equipamentos para a Protecção Ambiental e Conservação Energética. O período de inscrição estende-se até ao final do próximo ano.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“Triunfo histórico ‘cantado’ em português”, titula o Jornal Tribuna de Macau, sobre uma fotografia de Félix da Costa, ainda dentro do Fórmula 3, depois de ter cortado a meta em primeiro lugar no Grande Prémio de Macau. O JTM destaca ainda a organização do evento, que encara “de frente” os problemas desta edição. Mas há ainda outros temas, em chamadas de primeira, como: “Maria josé de Freitas lamenta seminários sobre urbanismo apenas em chinês” e “barrada entrada a mais um residente de Hong Kong”.

 

O Ponto Final também coloca em grande plano a vitória portuguesa no Grande Prémio. “Félix para as curvas” é o título da fotografia escolhida para a primeira, do jovem piloto português a festejar com champanhe. O jornal sublinha o hino português que “tardava, por falha da organização” e as “lágrimas” de Félix da Costa quando começou a ser cantado “nas boxes e nas bancadas em festa”. A manchete é feita com “a sombra comunista” – o Partido Comunista “influencia na sombra as principais associações e a própria governação local”.

 

A primeira do Hoje Macau também pertence a Félix da Costa, lendo-se na manchete “esplendor de Portugal”, numa referência à letra do hino nacional português A Portuguesa. O matutino escreve que, “para abrilhantar a festa, a organização não acertou com o hino de Portugal”. “Entornou-se o caldo”, diz mesmo o jornal. O Grande Prémio deste ano ainda “trouxe sangue, suor e lágrimas para os portugueses” – morreu Luís Carreira, Tiago Monteiro conseguiu um terceiro lugar e António Félix da Costa “não deu hipóteses à concorrência”. Na primeira, ainda a Ilha da Montanha, com o diário a lembrar que “deputados decidem hoje legislação”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

A manchete do Business Daily diz “SJM prepara-se para o COTAI”. A operadora revelou, durante a 59ª edição do Grande Prémio de Macau, detalhes sobre o novo projecto. O administrador executivo Ambrose So anunciou que a empresa vai investir 20 mil milhões de patacas no empreendimento, que deverá ter 700 mesas de jogo. Noutro título, o económico escreve que “preços das casas não baixam”.

 

O Macau Daily Times publica uma fotografia do momento em que o piloto português Félix da Costa abraça a equipa, depois de ter conquistado o primeiro lugar no Grande Prémio de Fórmula 3. Na manchete lê-se: “Félix da Costa vitorioso numa edição 59 atribulada do Grande Prémio de Macau”. Numa chamada de primeira, o matutino refere ainda que “trabalhadores da China fazem protesto por causa de disputa salarial”.

 

No Macau Post o título principal é “Governo afirma que 59ª edição do Grande Prémio foi um sucesso apesar de duas fatalidades e uma gafe com o hino”. Costa Antunes justificou com “um erro técnico” a troca de hinos quando o português Félix da Costa subiu ao primeiro lugar do pódio, depois de vencer o Grande Prémio de Fórmula 3.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post destaca a visita do presidente dos EUA à Tailândia. Na fotografia Barack Obama aparece ao lado da primeira-ministra Yingluck Shinawatra, durante uma conferência de imprensa em Banguecoque. A manchete diz que “Mar do Sul da China em suspenso no Fórum da ASEAN”. O jornal sublinha que os líderes dos países que participam na Cimeira na capital cambojana, Phnom Penh, concordaram em remeter para segundo plano as contendas territoriais.

 

A fotografia publicada no China Daily mostra o primeiro-ministro chinês Wen Jiabao, acompanhado pelo homólogo cambojano Hun Sen, num destaque também à Cimeira das Nações do Sudeste Asiático. No título principal lê-se que “a questão do mar não é uma barreira a relações” - pelo menos Pequim e Phnom Penh concordam que as contendas no Mar do Sul da China não vão bloquear as relações da China com as restantes Nações do Sudeste Asiático. O China Daily diz ainda noutra notícia de primeira, que o processo para a obtenção de residência permanente na China vai ser facilitado. Uma nova lei deverá determinar que os estrangeiros a viver na China há pelo menos 10 anos passam a ser elegíveis.

 

O Standard escreve que “Walter Kwok testemunha contra cérebros de um esquema criminal”. O antigo presidente da Sun Hung Kai Properties testemunhou de Hong Kong para um tribunal de Londres. Em causa está a alegada fraude de dois empresários do ramo imobiliário, Achilleas Kallakis e Alexander Williams, ao Allied Irish Bank.