Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Grande Prémio: Luís Carreira morre na sequência de acidente
Quinta, 15/11/2012

Luís Carreira, piloto português de 35 anos, faleceu esta tarde na sequência de um acidente durante a sessão de treinos cronometrados para o Grande Prémio de Motas. O acidente ocorreu cerca das 16 horas, na curva dos Pescadores. Luís Carreira foi assistido no local e posteriormente foi transportado para o Centro Hospitalar Conde de São Januário.

 

Era a sétima vez que Luís Carreira, nascido em Lisboa, corria em Macau. A primeira foi em 2004. Na altura, ficou-se por um modesto vigésimo quarto lugar. Em 2009 conseguiu o melhor resultado, um quarto lugar.

 

Este ano regressou a Macau com o Team Benimoto/Riser/Cetelem, aos comandos de uma Suzuki GSXR 1000.

 

Em declarações ao programa de rádio “Pilotos e Máquinas”, Luís Carreira dizia estar “muito contente por mais uma vez participar nesta tão importante prova internacional”,  e apontava os dez primeiros lugares como o obejctivo para esta participação na 46ª edição do Grande Prémio de Motas.

 

Este ano, Luís Carreira participou na mítica corrida da Ilha de Man, a sua pista favorita, conseguindo a 21ª posição na classificação geral entre os pilotos privados.

 

No currículo, Luís Carreira contava com quatro títulos do campeonato português de velocidade Strocksport 1000, conquistados em 2005,  2008, 2009 e 2010.

 

Este ano, Carreira voltou às competições em Abril, na África do Sul, depois de ter estado 8 meses parado devido a uma lesão contraída no circuito de Portimão, onde procurava renovar o título de campeão português.