Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Um quarto das PME teme pior ambiente de negócios
Terça, 13/11/2012

Mais de um quarto das pequenas e médias empresas (PME) de Macau acreditam que o ambiente de negócios vai piorar nos próximos 12 meses. A conclusão consta de um inquérito, divulgado na edição de hoje do jornal Business Daily. Receios explicados, em parte, pelas restrições à importação de não residentes e a falta de financiamento, o que leva os representantes das PME a pedirem mais apoio financeiro e o fim das quotas de importação de mão-de-obra.

 

Citado pelo Business Daily, Daniel Iong, vice-presidente da Associação das Pequenas e Médias Empresas de Macau, considera urgente que o Governo permita ao sector a contratação de trabalhadores ao exterior, com base no contexto operacional das firmas e não com base num rácio. A situação, diz, torna-se ainda mais preocupante no caso das cerca de 7.500 empresas que empregam menos de dez pessoas - cerca de metade das empresas de pequena dimensão em Macau.

 

Um documento de análise, divulgado pela associação e pela Universidade de Macau, indica que mais de um quarto dos representantes de mais de 1.100 empresas esperam que o ambiente de negócio piore nos próximos 12 meses. Menos de 17 por cento acreditam que a situação vai melhorar. Os restantes, ou seja, mais de metade dos empresários, consideram que tudo vai manter-se como está.

 

O inquérito revelou também as principais tendências de financiamento. Mais de 90 por cento do capital das empresas de menor dimensão provém dos seus accionistas – apenas seis por cento é oriundo de empréstimos bancários e 2,2 por cento atribuídos pelo Governo.

 

As estatísticas levam os representantes das pequenas e médias empresas a pedirem mais apoios aos bancos e ao Executivo. A associação sugere, por exemplo, que o tecto máximo de apoio que os Serviços de Finanças podem conceder às pequenas e médias empresas passe das actuais 600 mil patacas para um milhão de patacas.