Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Ajustes salariais na Função Pública ainda por decidir
Domingo, 11/11/2012

Ainda não há decisão quanto à actualização dos salários dos funcionários públicos para o próximo ano. A avaliar pelas declarações de hoje da secretária para a Administração e Justiça, Florinda China, o Chefe do Executivo não deverá anunciar ajustes concretos aos vencimentos dos funcionários públicos na apresentação das Linhas de Acção Governativa (LAG) para 2013, marcada para depois de amanhã, na Assembleia Legislativa.

 

Segundo explicou este domingo Florinda Chan, o Governo está ainda a aguardar o relatório da comissão que estuda este assunto e só depois da análise deste documento, e de outros factores, como as estatísticas dos primeiros nove meses do ano, é que vai ser apresentada uma proposta ao Chefe do Executivo, que será depois apreciada pelo Conselho Executivo. De recordar que, entre as associações que representam os funcionários públicos, há quem tenha defendido um ajuste salarial de 6,8 por cento e quem seja a favor de um ajustamento de 6 por cento, no próximo ano.

 

Em declarações aos jornalistas, Florinda Chan reafirmou também hoje a intenção de institucionalizar e regulamentar, no futuro, o ajustamento das remunerações dos funcionários públicos. Os trabalhos, no entanto, estão ainda numa fase inicial e, de acordo com a secretária, vai ser preciso pesar vários factores, como a inflação, a capacidade financeira do Governo e a mediana do rendimento mensal de trabalho no sector privado.

 

Ainda segundo Florinda Chan, a Comissão de Avaliação das Remunerações dos Trabalhadores da Função Pública já se deslocou a Hong Kong para melhor conhecer o mecanismo de ajustamento dos salários da Função Pública, em vigor no território vizinho há mais de dez anos.