Em destaque

21 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2742 patacas e 1.1424 dólares norte-americanos.

Olímpio Bento: futuro desportivo de Portugal em risco
Sábado, 10/11/2012

Jorge Olímpio Bento defende uma maior aposta no desporto para os mais jovens. Numa altura em que a disciplina de educação física perdeu peso no curriculum escolar, o director da Faculdade de Desporto, da Universidade de Porto, diz que se está a hipotecar a sucesso de Portugal nos Jogos Olímpicos. “Numa altura em que tudo aconselhava a um crescimento, assistimos a um corte. Há aí motivos de séria inquietação e de crítica e se olharmos para o lado desportivo, atendendo que a nossa população é hoje cada vez mais envelhecida, se não apostarmos muito forte nos escalões mais jovens, vamos ter sérias dificuldades para manter, apesar de tudo, o nível desportivo, que já considerávamos algo insatisfatório. Mas nem esse, seremos capazes de manter a curto e médio prazo”, afirma.

 

No programa Rádio Macau Entrevista, Jorge Olímpio Bento diz não ser “uma boa solução” a entrada do mundo da política no Comité Olímpico. “Parece-me que o mundo da política não deve ser ostracizado e por isso deve ser uma figura que tenha a capacidade de se relacionar com todo esse mundo. Mas seria muito mal que assistíssemos, no Comité Olímpico, àquilo que já assistimos, de certo modo, no sistema desportivo português, em que há nitidamente uma competição partidária para ver quem controla mais federações”.

 

Os resultados da selecção portuguesa foi um dos temas abordados nesta entrevista. O director da Faculdade de Desporto, da Universidade de Porto mostra-se céptico quanto ao apuramento dos portugueses para o Mundial do Brasil, não dando “por adquirido que Portugal se qualifique”. Para Jorge Olímpio Bento seria “uma pena” Portugal não estar no Mundial do Brasil, mas realça que a selecção “não começou bem este torneio”. Portugal tem hoje “uma selecção muito fraca. Tem um jogador excelente a nível mundial. Depois tem apenas três ou quatro jogadores muitos bons. Os outros são sofríveis. Se olharmos para o banco de suplentes, quando se lesiona um dos titulares, é muito fraco. Vamos ter sérias dificuldades para dar continuidade ao sucesso desportivo dos anos transactos".

 

Jorge Olímpio Bento, director da Faculdade de Desporto, da Universidade de Porto foi o convidado desta semana do programa Rádio Macau Entrevista. Programa para ouvir ao meio-dia ou aqui na página da Rádio.