Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

C&C abre escritório em Timor-Leste até ao final do ano
Quinta, 08/11/2012

O C&C decidiu internacionalizar-se e escolheu Timor-Leste, sendo o primeiro escritório de advogados de Macau a fazê-lo. Nesta primeira aposta fora de portas, o C&C tem como parceira a portuguesa Abreu Advogados - uma das principais firmas da Península Ibérica.

 

Em declarações à Rádio, Álvaro Rodrigues, um dos sócios do C&C, revela que a delegação em Díli deverá entrar em funcionamento até ao final do ano e avança o mercado-alvo, que é abrangente. “Já fizemos alguns estudos relativamente aos mercados-alvo, nomeadamente as empresas chinesas que estão lá [em Timor] estabelecidas e algumas empresas portuguesas que operam também no país, bem como as entidades governamentais”.  

 

Numa fase inicial, a delegação na capital timorense funcionará com apenas um advogado, mas a ideia, sublinha Álvaro Rodrigues, é que possa haver uma aposta de crescimento. “Para já vai arrancar com um elemento, um advogado que já está estabelecido em Timor e conhece bem o meio. Mas, depois, o objectivo é de crescimento. À medida das necessidades e da procura do mercado, reforçaremos a equipa com elementos daqui, do C&C Advogados, e também da Abreu Advogados”.

 

Falando sobre o investimento, Álvaro Rodrigues não abre o jogo sobre o montante, mas admite que será elevado. “Vamos ter de investir nas instalações, nos equipamentos e também no marketing. Não temos ainda os valores, mas vai representar algum investimento. Pensamos, em breve, ter o retorno desse investimento".

 

O C&C chega a Timor-Leste já este fim-de-semana. Uma delegação conjunta do escritório de Macau e da Abreu Advogados vai a Díli para tratar de alguns procedimentos burocráticos.