Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

MIF encerra com resultados melhores do que em 2011
Segunda, 22/10/2012

Mais visitantes e mais protocolos do que na edição anterior. É este o balanço traçado pela organização da Feira Internacional de Macau (MIF).

 

A MIF encerrou a edição deste ano com 88 protocolos assinados, numa subida que fica acima dos 8,64 por cento face ao ano anterior. Destes, 10 protocolos foram selados por países lusófonos, incluindo Portugal.

 

Dados da organização referem que, entre o total de 88 protocolos concretizados, contam-se 42 acordos, 24 contratos, 10 cartas de intenção e 12 memorandos. Além disso, é sublinhado que a maioria dos protocolos envolve pequenas e médias empresas de Macau. Estão abrangidas, entre outras, áreas como o turismo, a cultura, o ambiente, e as exposições e convenções.

 

Quanto ao volume de negócios realizados durante o certame, a organização não quis revelar os valores concretos, mas deu a indicação que o montante é superior ao do ano passado, que ficou acima dos 5,5 mil milhões de patacas. Na MIF foram ainda realizadas 1847 sessões de bolsas de contacto, a par de 47 fóruns, seminários e sessões promocionais.

 

Neste ano, houve também mais visitantes do que na edição anterior. Durante os quatro dias do evento, foram registadas 103,899 entradas, ou seja, mais 9,23 por cento do que no certame de 2011. Entre os visitantes, 6.400 vieram com propósito profissional, o que significa também uma subida de 15 por cento face ao ano anterior.

 

Os participantes do certame vieram de 50 países e regiões. A MIF está cada vez maior, tendo nesta edição ocupado um espaço de 30 mil metros quadrados. No centro de convenções do Venetian foram montados mais de 1800 stands, com cerca de 700 expositores.