Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Portugal planeia 15 acções de promoção na China em 2013
Domingo, 21/10/2012

Portugal planeia para o próximo ano mais de uma dezena de acções de promoção de produtos na China e mais de uma dezena de visitas de empresários chineses a Portugal. No último dia da 17ª edição da Feira Internacional de Macau, o coordenador do pavilhão português na MIF, Alberto Neto, traçou também à Rádio um balanço “extremamente positivo” do evento.

 

“Para já temos a ambição de fazer 12 missões inversas em Portugal: trazer empresários portugueses a visitar-nos, a conhecer a nossa cultura e promover os nossos produtos. Isto vai estimular o comércio, o turismo, e vai dar a conhecer um bocadinho mais de nós. Vai facilitar também a entrada dos nossos produtos na China. Por outro lado, estamos a pensar fazer 15 acções no próximo ano na China e talvez cinco em Macau e Hong Kong”, revelou hoje Alberto Neto, em declarações à Rádio Macau.

 

Segundo o também presidente da Associação de Jovens Empresários Portugal-China, “além dos acordos de protocolos”, há vários empresários “satisfeitos com as encomendas” essencialmente provenientes do trabalho pós-feira, como cocktails, jantares e festas portuguesas. “Conseguimos captar bastantes empresários da China, de Hong Kong e de Macau, quebrar aqui algumas barreiras, criar alguma empatia entre os empresários portugueses e chineses”, afirmou Alberto Neto.

 

De recordar que esta foi a maior participação portuguesa de sempre na MIF, com um pavilhão de 495 metros quadrados e a participação de mais de 30 empresas.