Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Projecto: Salas de jogo com quiosques sobre jogo responsável
Quarta, 17/10/2012

As salas de jogo dos casinos de Macau vão passar a ter quiosques com informações sobre jogo responsável. O projecto piloto arranca em meados de Dezembro e tem a duração de três meses. A ideia é prevenir casos de jogo problemático ou patológico, passando a mensagem directamente aos jogadores.

 

O quiosque consiste numa espécie de cabine, com um ecrã interactivo, que vai ser colocada nas salas dos casinos onde estão as mesas de jogo. Tem aplicações lúdicas que visam informar os jogadores sobre os riscos das apostas e a forma responsável de jogar.

 

Segundo explicou à Rádio Macau Davis Fong, investigador da Universidade de Macau, entre os conteúdos do quiosque estão informações sobre “onde se dirigir para pedir ajuda”, “critérios para identificar casos de jogo problemático ou patológico” e até “matemática do jogo”, com indicações sobre as probabilidades envolvidas nas apostas.

 

A ideia é emprestada de uma experiência semelhante no Canadá. Durante os três meses do projecto piloto, vão ser instalados em Macau sete quiosques: um num casino de cada uma das seis operadoras; e outro na Universidade de Macau, para fins de investigação.

 

A gestão dos quiosques fica entregue aos chamados “embaixadores”, isto é, voluntários que vão receber formação específica para o projecto. Até agora foram recrutados já cerca de 50.

 

A medida faz parte da edição 2012 da Campanha Jogo Responsável, organizada em conjunto pela Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, pelo Instituto de Acção Social e pelo Instituto de Investigação sobre o Jogo da Universidade de Macau.